Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Execução orçamental prova que sacrifícios não beneficiaram contas públicas - BE

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 22 mar (Lusa) -- O Bloco de Esquerda considerou hoje que os dados da execução orçamental dos primeiros dois meses do ano provam que os "sacrifícios impostos" aos portugueses não serviram para beneficiar as contas públicas.

"Os dados da execução orçamental são conhecidos num dia em que o ministro [das Finanças] Vítor Gaspar diz que o objetivo do ajustamento orçamental seria o crescimento da economia. Estes dados confirmam que estas palavras são a anedota do dia", comentou à agência Lusa o líder parlamentar bloquista, Pedro Filipe Soares.

Dados divulgados hoje pelo Governo indicam que a Administração Central e a Segurança Social chegaram a fevereiro com um défice conjunto de 246,9 milhões de euros, o que compara com um saldo positivo de 586 milhões de euros no período homólogo.