Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/crise: "Soluções a conta-gotas apenas atrasam a enxurrada final" - Francisco Pinto Balsemão

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 08 out (Lusa) - Francisco Pinto Balsemão chamou hoje a atenção para a necessidade da Europa "encontrar soluções estáveis para a crise sistémica, uma vez que "soluções a conta-gotas apenas atrasam a chegada da enxurrada final".

Balsemão, que falou na qualidade de presidente da Assembleia-geral do Conselho Português do Movimento Europeu, na abertura da convenção "Por Uma União Política", hoje na Fundação Gulbenkian, entende que "não há uma só crise", mas várias.

Há uma crise financeira internacional, que não depende apenas da União Europeia (UE); há ainda a crise económica, há a crise das dívidas soberanas e a crise sistémica, uma vez que, na opinião de Pinto Balsemão, "o que está em causa não é apenas a continuidade do euro, é a continuidade da própria UE".