Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Socialistas europeus reclamam a Durão Barroso renegociação do memorando grego

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 21 jun (Lusa) -- Os Socialistas Europeus escreveram hoje uma carta aberta ao presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, a reclamar uma "renegociação construtiva" do memorando de entendimento com a Grécia, designadamente das medidas de austeridade mais duras impostas pela 'troika'.

Segundo o Grupo dos Socialistas e Democratas (S&D), "através dos seus votos, os gregos mostraram que querem permanecer na zona euro e estão prontos a aceitar as reformas necessárias", mas o resultado das eleições de domingo passado "mostrou também o forte e profundo apoio a uma revisão do memorando de entendimento, à luz de desenvolvimentos económicos e sociais ainda mais gravosos do que as projeções nas quais o memorando se baseou".

"O Grupo dos Socialistas e Democratas acreditam que é dever da liderança política da União Europeia -- e seu em particular -- assumir a para encontrar um acordo com o novo governo grego em torno de um programa de reformas credível, uma vez que as reformas políticas e económicas são absolutamente necessárias", escreveu o presidente dos Socialistas, Hannes Swoboda, na carta enviada a Durão Barroso.