Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Futuro presidente da supervisão bancária será eleito pelo Conselho de Governadores do BCE

Lusa economia

  • 333

Estrasburgo, França, 11 set (Lusa) -- A proposta que a Comissão Europeia vai apresentar na quarta-feira, em Estrasburgo, para criação de um mecanismo único de supervisão bancária na zona euro prevê um novo organismo no seio do BCE, cujo presidente será eleito pelo Conselho de Governadores.

De acordo com a edição de hoje do diário económico alemão Hadelsblatt, que cita fontes próximas da Comissão Europeia, o economista português Vítor Constâncio, vice-presidente do Banco Central Europeu, poderá ser o escolhido, mas fontes comunitárias disseram hoje não haver ainda uma decisão tomada e a escolha será feita pelo Conselho de Governadores da instituição.

Segundo a proposta que a "Comissão Barroso" vai apresentar, o BCE será a instituição responsável pela supervisão do sistema bancário da zona euro e, de modo a não haver qualquer conflito de interesses, a tarefa de supervisão será levada a cabo com uma verdadeira separação operacional relativamente à vertente de política monetária, sendo criado para o efeito um "conselho de supervisão", que terá um presidente e um vice-presidente, oriundos do Conselho de Governadores, e eleito por este.