Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Bruxelas adverte que governos dos países "vulneráveis" têm de prosseguir esforços

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 06 set (Lusa) -- O comissário europeu dos Assuntos Económicos considerou que o programa de compra de dívida soberana hoje anunciado pelo BCE deverá ajudar a restaurar a confiança, mas advertiu que os governos dos países "vulneráveis" da zona euro devem prosseguir os esforços.

Numa declaração divulgada em Bruxelas, o comissário Olli Rehn aponta que o programa de "Transações Monetárias Diretas" ("Outright Monetary Transactions", na expressão em inglês) do Banco Central Europeu (BCE) deverá ajudar a restaurar a confiança dos investidores nos mercados de dívida soberana e melhorar o funcionamento do mecanismo de transmissão monetária, mas sublinhou a necessidade de se seguir rigorosamente a condicionalidade do programa, e assegurou que Bruxelas estará vigilante.

"Os governos dos Estados-membros vulneráveis da zona euro têm de continuar a tomar medidas determinadas no sentido de finanças públicas sãs, da criação de emprego e do crescimento sustentável. A execução destas políticas continuará a ser da responsabilidade dos governos", sublinhou.