Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/Crise: Alemanha volta a recusar dividir responsabilidade da dívida para resolver crise europeia

Lusa economia

  • 333

Berlim, 28 ago (Lusa) -- O ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Guido Westerwelle, voltou hoje a recusar a possibilidade de se dividir a responsabilidade da dívida dos países da zona euro em crise como forma de enfrentar o problema.

"Nao podemos resolver a crise da dívida na Europa facilitando a criação de (nova) dívida ou fazendo com que a Alemanha assuma a responsabilidade de todas as dívidas na Europa", afirmou Westerwelle numa conferência com os embaixadores alemães no estrangeiro, citado pela EFE.

O chefe da diplomacia alemã salientou que uma solução destas "não pode funcionar" e significaria penalizar a Alemanha e diminuir a disponibilidade para reformas por parte dos parceiros europeus.