Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/crise: Ajudas são suportes a um sistema financeiro que especulou de uma forma gigantesca -- Louçã

Lusa economia

  • 333

Porto, 08 jun (Lusa) - O coordenador do BE, Francisco Louçã, defendeu hoje que os programas de ajuda financeira são "suportes a um sistema financeiro que especulou de uma forma gigantesca", alertando para o "enorme risco para Portugal" devido à situação em Espanha.

"É um enorme risco para Portugal mas nós já vimos este filme. Nós já vimos o que era, nas vésperas de um fim de semana, as agências de 'rating' a morderem um país e a estrutura financeira a fazer uma chantagem contra vários países. Portugal foi um deles", respondeu Francisco Louçã aos jornalistas, no Porto, quando questionado sobre as dúvidas relativamente ao formato e ao valor do eventual pedido de apoio para a banca espanhola.

No final de um contacto com população na baixa do Porto, o coordenador do Bloco de Esquerda lembrou que, no caso português, "a 'troika' veio na sequência de uma sucessão de entrevistas dos principais gerentes bancários portugueses" a dizer que precisavam "urgentemente" da 'troika' porque tinham um buraco nas contas.