Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estudo da Cáritas identifica várias oportunidades de negócios para desempregados

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 jun (Lusa) -- Engraxador, jardineiro, carpinteiro motorista, operários de serviços florestais, vendedor ambulante, ama e cuidadores de idosos são algumas das profissões identificadas num estudo da Cáritas Portuguesa como oportunidades de negócio para desempregados de longa duração.

O estudo "Estratégia para a promoção do emprego e a dinamização do desenvolvimento local, enquanto fator de inclusão social", que será hoje divulgado no seminário "A Economia Social, o Emprego e o Desenvolvimento Local", lança o desafio de "retomar uma economia de serviços tradicionais que foram ultrapassados pelo self-service".

"Algumas experiências de sucesso mostram que há algumas oportunidades de negócio que podem responder a necessidades concretas preferencialmente vocacionadas para agregados familiares de rendimentos superiores ou para dar resposta a uma sociedade que envelhece", refere o estudo, a que Lusa teve acesso.