Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estradas de Portugal antecipa redução de 300 ME em renegociações com concessionárias

Lusa economia

  • 333

Almada, 25 out (Lusa) -- A Estradas de Portugal (EP) prevê reduzir encargos no valor de 300 milhões de euros até ao final do ano em renegociações de contratos com sete das nove concessionárias, revelou hoje a empresa.

Num comunicado de duas páginas acerca dos resultados do primeiro semestre da EP, a empresa presidida por António Ramalho espera alcançar, até ao fim do ano, "a concretização das renegociações das concessões e continuação da negociação das subconcessões".

Segundo fonte oficial da empresa, as sete concessões já negociadas são as da Beira Interior, Beiras Litoral e Alta, Interior Norte, Grande Porto, Costa de Prata, Norte e a da Grande Lisboa.