Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estado ainda só amortizou na dívida pública 1/3 das receitas de privatizações que tinha previsto - UTAO

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 16 jan (Lusa) -- O Estado só aplicou um terço das receitas com privatizações que tinha previsto para amortizar dívida pública em 2012 nos primeiros onze meses do ano, ficando a 1,4 mil milhões de euros do previsto, calcula a UTAO.

Na sua nota mensal sobre a dívida pública, a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) calcula que apenas 760 milhões de euros foram transferidos do Orçamento do Estado até novembro para o Fundo de Regularização da Dívida Pública (FRDP).

Este valor fica muito aquém da nova estimativa do Governo da contribuição das receitas de privatizações para reduzir as necessidades de financiamento para 2012, que passou a ser de 2,2 mil milhões.