Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Ministério da Saúde é o que mais perde no OE de 2013, menos 22,6 %

Lusa economia

  • 333

Madrid, 29 set (Lusa) -- O Ministério da Saúde espanhol é o que sai mais prejudicado dos ajustes orçamentais para o próximo ano, com uma queda de 22,6 por cento nos gastos face ao ano anterior.

Em 2013, o Ministério da Saúde tem destinado 415 milhões de euros, abaixo dos 536 milhões destinados este ano.

Já o setor da educação tem, no OE, uma queda de 14,4 por cento para 1.944,73 milhões de euros, sendo que a maior fatia destes gastos irão para bolsas e ajudas a estudantes.