Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Importante que fórmula da ajuda à banca previna contágio à dívida soberana -- Durão Barroso

Lusa economia

  • 333

Los Cabos, México, 18 jun (Lusa) -- O presidente da Comissão Europeia defendeu hoje a necessidade de a fórmula que for acordada para prestar ajuda à recapitalização dos bancos espanhóis evitar, na medida do possível, o "contágio entre a dívida financeira e a dívida soberana".

Numa conferência de imprensa em Los Cabos, Méxicos, antes do início da cimeira do G20, ao ser questionado sobre se Bruxelas não receia que as atenções dos mercados se virem agora da Grécia para a Espanha, onde os juros da dívida soberana continuam a subir, e se não seria preferível a assistência ser canalizada diretamente para os bancos e não pela soberania de Espanha, já sob forte pressão, Durão Barroso admitiu que é necessário encontrar uma solução que previna o contágio.

"Certamente a Comissão Europeia será a favor de um sistema que evite o tanto quanto possível qualquer género de contágio entre dívida financeira e dívida soberana, pois acreditamos que esta é uma das questões que pode ter um impacto negativo em termos de reação dos mercados", afirmou.