Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Governo vai excluir 456 medicamentos da lista de comparticipados para poupar 440 ME

Lusa economia

  • 333

Madrid, 27 jun (Lusa) -- O Governo espanhol vai excluir pelo menos 456 medicamentos da lista de comparticipados, numa iniciativa que prevê poupanças de 440 milhões de euros e que se insere nas medidas de austeridade para controlo do défice.

A proposta deverá ser previsivelmente aprovada durante o encontro do Conselho Interterritorial do Sistema Nacional de Saúde, segundo notícias da imprensa espanhola, que avançou já com a lista de medicamentos.

Entre eles contam-se medicamentos de uso comum para 18 doenças de carácter leve como são tosse ou congestão nasal associada a gripe e resfriado, prisão de ventre, antidiarreicos, varizes e ansiedade leve, entre outras.