Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Governo pede calma perante novo aumento do risco da dívida, juros acima dos 7%

Lusa economia

  • 333

Madrid, 6 jul (Lusa) - O Governo espanhol pediu hoje "serenidade" perante o aumento do risco da dívida de Espanha - depois dos juros a 10 anos terem voltado a superar a barreira dos sete por cento - prometendo que a agenda de reformas continuará nas próximas semanas.

A vice-presidente do Governo, Soraya Sáenz de Santamaría, afirmou hoje, depois da reunião do Conselho de Ministros, que o Governo vai aprovar "uma série de mudanças profundas para garantir a consolidação fiscal" e que Espanha se consolida como um país mais competitivo.

Relembrou ainda, em declarações aos jornalistas, que a última cimeira europeia marcou uma linha de atuação a curto, médio e longo prazo para conseguir a estabilidade do euro em todas as suas vertentes.