Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Espanha: Comunidades autónomas são o maior risco para o défice -- relatório

Lusa economia

  • 333

Madrid, 21 ago (Lusa) -- As regiões autónomas são hoje a "principal ameaça" que este ano pode impedir o Estado espanhol de cumprir o objetivo de défice, segundo um estudo da Fundação de Estudos de Economia Aplicada (FEDESA).

O estudo, preparado pelos economistas José Ignacio Conde-Ruiz e Juan José Rubio Ramírez, considera que as regiões autónomas são "o maior fator de risco", situação que se agrava "num cenário macroeconómico adverso de recessão económica".

Segundo a análise dos economistas, mesmo que as comunidades autónomas consigam implementar todas as medidas anunciadas nos seus Planos Económicos e Financeiros (PEF), o défice estimado será de 2,2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ou seja, haverá um desvio de 0,7 pontos face ao limite previsto.