Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empréstimo do Estado ao BCP custou 128 ME em 2012 e custará 250 ME este ano - presidente

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) - O BCP pagou, em 2012, 128 milhões de euros pelo empréstimo obrigacionista que o Estado concedeu ao banco com vista à sua recapitalização, valor que ascenderá a 250 milhões este ano, disse no parlamento o presidente do banco, Nuno Amado.

O Estado subscreveu, o ano passado, 3.000 milhões de euros de instruumentos de capital contingente do BCP (as chamadas 'CoCo bonds'), tendo o banco ainda levado a cabo um aumento de capital de 500 milhões de euros através de acionistas privados.

Devido à recapitalização pública, em 2012, o BCP pagou 128 milhões de euros em juros das 'CoCo bonds', a que se somaram outros valores pagos ao Estado por outras operações relacionadas com o mesmo processo e ainda a contribuição extraordinárias sobre a banca, no total de "250 milhões de euros a favor do Orçamento do Estado", disse hoje Nuno Amado na Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito de várias audições sobre a recapitalização dos bancos com dinheiros públicos.