Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empresa do Cadaval transforma pão-de-ló artesanal num negócio para todo o mundo

Lusa economia

  • 333

Cadaval, 06 mai (Lusa)- Carlos Henriques tornou os dotes da avó na confeção do pão-de-ló artesanal num negócio que, desde há um ano, começou a conquistar os mercados externos e que continua a crescer.

"O meu pai há muitos anos pediu à minha avó para fazer uns bolos para levar para as melhores pastelarias e confeitarias de Lisboa. Depois, foi introduzido na grande distribuição e agora estamos a comercializá-lo para o estrangeiro", conta à agência Lusa Carlos Henriques, administrador, resumindo assim uma história de mais de 30 anos.

Ao fim de ano e meio, as exportações representam 5% da sua faturação anual de 1,5 milhões de euros e, estima o administrador da empresa, pode chegar aos 10% até ao final deste ano.