Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Economia: China estimula consumo interno para contrariar abrandamento

Lusa economia

  • 333

Xangai, China, 27 jul (Lusa) - A China está a estimular o consumo interno para tentar contrariar o seu abrandamento económico, com uma cidade do interior a anunciar planos para projetos de investimento no valor de 130 mil milhões de dólares (105,8 milhões de euros).

Num anúncio realizado no início da semana para dezenas de projetos, responsáveis da cidade chinesa de Changsha disseram que o aumento dos investimentos era uma "opção inevitável" para combater o crescimento lento.

Enquanto parte do programa governamental de "mini-estímulo", várias outras cidades revelaram os seus planos para subsidiar a compra de casas ou outras iniciativas de apoio à construção, que continua a ser referido como o motor de crescimento da economia chinesa.