Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

É fundamental apostar numa política educacional de longo prazo - Teixeira dos Santos

Lusa economia

  • 333

Porto, 09 nov (Lusa) -- O antigo ministro das Finanças Fernando Teixeira dos Santos disse hoje que o atraso económico de Portugal pode ser justificado pela educação e defendeu uma política educativa de longo prazo.

"No longo prazo, penso que uma política educacional que reforce os níveis educacionais e as qualificações, que aposte na ciência, na tecnologia, na inovação será uma reforma estrutural fundamental para melhorar as nossas perspetivas de crescimento", afirmou Teixeira dos Santos na Faculdade de Letras da Universidade do Porto durante um debate sobre "Crescimento e mudança estrutural no quadro do processo de integração europeia".

Para o professor da Faculdade de Economia da Universidade do Porto, a diferença de educação que o país "ainda sofre" apresenta um "contributo muito importante" para compreender o atraso nacional face ao exterior desde há décadas.