Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dívida: Governo altera remuneração dos Certificados do Tesouro a partir de setembro

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 30 ago (Lusa) -- As condições de remuneração dos Certificados de Aforro das séries B e C passam a ter um prémio fixo a partir de setembro, ficando em ambas as séries com um retorno de cerca de 3,2 por cento.

Em comunicado hoje emitido, o Ministério das Finanças refere que, no caso da série B, a melhoria da remuneração traduz-se num aumento do prémio fixo de 1,0 por cento (100 pontos base), o que se reflete numa remuneração atual de 3,2808 por cento.

Para a série C, o Governo decidiu suspender o prémio atual e substitui-lo por um prémio fixo de 2,75 por cento (275 pontos base), obtendo-se uma remuneração atual de 3,268 por cento.