Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dívida da Grécia "não e viável sem mais ajuda

Lusa economia

  • 333

Atenas, 18 jan (Lusa) - A Grécia vai precisar de mais ajuda dos seus parceiros europeus para conseguir controlar o enorme peso da sua dívida em 2016, disse hoje o responsável do Fundo Monetário Internacional (FMI), Poul Thomsen.

Poul Thomsen, que lidera a missão do FMI na Grécia, afirmou que existe um buraco nas projeções preliminares para 2015-2016 que pode chegar aos 9,5 mil milhões de euros.

"O que importa é que os europeus sabem que existe esse buraco e que vão ter que preenchê-lo", declarou durante uma teleconferência, a partir de Atenas.