Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Distribuição: "Há uma alteração radical" no consumo alimentar - APED

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 26 jun (Lusa) -- Os portugueses passaram a comprar mais frescos, mercearias e charcutaria, em detrimento de outros produtos, o que demonstra uma "alteração radical" no consumo, disse hoje a diretora-geral da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED).

De acordo com Ana Isabel Trigo Morais, que falava aos jornalistas na apresentação do barómetro de vendas da APED, no primeiro trimestre, desde que a crise se começou a sentir os portugueses começaram a alterar os seus hábitos.

Numa primeira fase, os consumidores deixaram de ir ao restaurante e passaram a preferir o consumo de comida pronta, nomeadamente congelados.