Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Distribuição: APED prevê agravamento da quebra do consumo no 2.º trimestre

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 26 jun (Lusa) -- A Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) estima que no segundo trimestre do ano a quebra do consumo em Portugal se tenha agravado em relação aos três primeiros meses de 2012.

Em declarações aos jornalistas, a diretora-geral da APED, Ana Isabel Trigo Morais, considerou que "o agravamento é inevitável".

Segundo o barómetro de vendas APED do primeiro trimestre, o volume de vendas total dos segmentos alimentar e não alimentar caiu 3,7 por cento, para 4.554 milhões de euros, face aos primeiros três meses de 2011, período anterior à aplicação das medidas de austeridade.