Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Desemprego: Setor da construção tem mais de 100 mil desempregados - associação

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 10 dez (Lusa) -- Com mais de 100 mil desempregados, o setor dos comerciantes de materiais de construção alerta para a urgência de se encontrarem formas para fazer diminuir as insolvências e encerramentos das empresas do ramo.

O elevado número de desempregados está diretamente relacionado com a crise, como admite o secretário-geral da Associação Portuguesa de Comerciantes de Materiais de Construção (APCMC), José de Matos, sublinhando que as empresas do setor da construção têm sido muito afetadas.

"Um dos setores muito afetados é o da serralharia civil, nomeadamente no que diz respeito às caixilharias de alumínio. Por um lado, como não se constroem casas, não há grandes investimentos na colocação do alumínio, e, por outro, as pessoas deixaram de investir na reabilitação e na substituição de janelas, situação que já teve em tempos benefícios fiscais", justificou.