Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Desemprego: Crise no setor da construção deixou Carlos Marques sem perspetivas

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 10 nov (Lusa) -- Carlos Marques sonhava ser jogador de hóquei, mas as dificuldades da vida fizeram com que tivesse de começar cedo a trabalhar numa serralharia civil, onde permaneceu durante 14 anos até que a crise no setor o lançou no desemprego.

Em entrevista à agência Lusa, o serralheiro civil de 37 anos contou que por dificuldades financeiras da família foi "obrigado a deixar a escola" e a iniciar-se muito cedo no mercado de trabalho. Começou como ajudante em serralharias civis, no setor do alumínio, aprendeu o ofício e acabou por ficar a trabalhar numa empresa do setor até há três anos atrás.

"Estou desempregado desde junho de 2010 e sinceramente achava que a realidade não era tão dura como depois fiquei a saber que era", admitiu Carlos Marques.