Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Desemprego: Comércio, restauração, educação e construção figuram entre piores setores

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 07 dez (Lusa) -- Comerciantes, empregados de restaurantes, professores, assistentes sociais, construtores civis são algumas das profissões de maior risco em Portugal e é nessas áreas que se tem verificado um maior crescimento do número de desempregados.

Uma análise ao mercado de trabalho realizada este ano pelo Observatório do Emprego e Formação Profissional mostra que, ao todo, até outubro já existiam mais de 870 mil desempregados em Portugal registados pelo Instituto Nacional de Estatísticas, o que representa a mais alta taxa de desemprego de sempre, estando a situação a agravar-se em quase todos os setores de atividade.

O número representa uma subida do desemprego de 26,3% relativamente a setembro de 2011 e é particularmente pesado entre aqueles que trabalham no chamado setor dos serviços, que engloba profissões como professores, médicos, vendedores, advogados, e todo o tipo de comércio.