Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Declarações sobre segundo resgate devem ser evitadas - Oliveira Martins

Lusa economia

  • 333

*** Serviço áudio e vídeo disponível em www.lusa.pt

Lisboa, 11 nov (Lusa) -- O Presidente do Tribunal de Contas, Guilherme de Oliveira Martins, defendeu hoje que devem ser evitadas declarações públicas sobre um segundo resgate a Portugal e que o foco deve ser o dos atuais compromissos que o país enfrenta.

"Não se fale de outros regastes, fale-se essencialmente do bom cumprimento deste a que estamos obrigados", disse o presidente do Tribunal de Contas, em reação às declarações do ministro dos Negócios Estrangeiros, domingo na Índia, sobre Portugal poder evitar apenas um novo resgate se os juros descerem para 4,5%.