Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Crise/protesto: Manifestações podem ser o início de uma revolta popular pacífica - signatários

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 14 Set (Lusa) -- Vários signatários do apelo "Que se Lixe a troika! Queremos as nossas Vidas" acreditam que as manifestações de sábado podem ser o "início de uma revolta popular pacífica", e de uma "mobilização de indignação sem precedente".

Os manifestos dos signatários e de outros 'mobilizadores' do protesto contra a austeridade descrevem as manifestações, previstas para várias cidades do país, como o "início de uma revolta popular pacífica" contra as políticas "devastadoras" e de "saque" impostas por um Governo que está "ao mando da troika" e dos "interesses do grande capital".

Há também quem defenda, tal como o Movimento 12 de Março -- o movimento que, em março de 2011, conseguiu levar centenas de milhares à rua - que chegou a hora de "parar quem desgoverna o país" e executa um "programa político criminoso".