Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Cortes na despesa pública terão de ser permanentes" -- Nogueira Leite

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 set (Lusa) - O economista António Nogueira Leite considerou hoje que as medidas que têm vindo a ser adotadas pelo Governo ao nível do corte da despesa pública vieram para ficar, já que é a única forma de reequilibrar as finanças públicas.

"Os cortes terão de ser permanentes. Há expectativas de cortes importantes e permanentes na despesa", afirmou o responsável, que participou num seminário sobre o Orçamento de Estado para 2014 promovido pelo Fórum para a Competitividade, em Lisboa.

Nogueira Leite salientou que "é essencial o cumprimento das metas" estabelecidas com a 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), sublinhando que "há muito em jogo neste Orçamento de Estado para 2014".