Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Contração do PIB deve-se à crise do país e à recessão europeia - ministro da Economia

Lusa economia

  • 333

Sintra, 07 dez (Lusa) - O ministro da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira, afirmou hoje que a contração do Produto Interno Bruto (PIB) nos primeiros nove meses do ano se deveu à crise do país e ao agravamento da recessão na Europa.

O Produto Interno Bruto (PIB) diminuiu 3% no conjunto dos três primeiros trimestres de 2012, com o abrandamento das exportações e a redução menos acentuada das importações a darem uma contribuição menos positiva para o desempenho no terceiro trimestre, segundo dados do INE hoje divulgados.

"Neste momento, nós estamos a passar por um período de bastante dificuldade e a recessão na Europa está a ser pior do que o esperado e isso tem uma consequência direta no PIB português", afirmou Álvaro Santos Pereira aos jornalistas, à margem da Universidade Política do PSD, uma iniciativa da concelhia do PSD de Lisboa, que decorre em Sintra.