Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conselho Europeu: Patrões portugueses opõem-se a mais austeridade e pedem mais tempo para cumprir objetivos

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 27 jun (Lusa) - Os presidentes das confederações do comércio e da indústria vão dizer hoje ao primeiro-ministro, Passos Coelho, na véspera do arranque do Conselho Europeu, que se opõem a mais medidas de austeridade e que querem mais tempo para cumprir objetivos.

"Não estamos de acordo com mais medidas de austeridade", disse o presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), João Vieira Lopes, aos jornalistas à entrada da reunião de Concertação Social, que hoje conta com a presença de Passos Coelho, no âmbito do próximo Conselho Europeu, que se realiza na quinta e sexta-feira.

Para Vieira Lopes, na linha de Espanha, "o governo português deve encontrar em termos europeus condições mais aliviadas para cumprir os objetivos".