Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: Poupança das famílias portuguesas atinge recorde desde 2000 - APFIPP/Universidade Católica

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 11 jul (Lusa) -- A poupança das famílias atingiu os 117 por cento do PIB em junho passado, que é o valor mais elevado pelo menos desde 2000, data em que se iniciou a série do indicador de poupança da APFIPP/Universidade Católica.

De acordo com a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP)/Universidade Católica, o indicador da poupança subiu de 115,2 para 117 por cento do PIB, entre maio e junho, mantendo a tendência observada nos últimos meses de continuação do aumento da poupança das famílias em percentagem do PIB.

Segundo a mesma fonte, a poupança das famílias está a aumentar há três meses consecutivos, sendo que, no mês de junho, o indicador inclui as atualizações das contas nacionais setoriais, que registaram revisões em alta da série da poupança das famílias em percentagem do PIB nos últimos trimestres.