Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: Exportações, consumo das famílias e investimento colocam riscos às projeções do BdP

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 10 jul (Lusa) -- O Banco de Portugal detetou riscos elevados que podem afetar pela negativa a economia portuguesa e colocá-la novamente em recessão em 2013, como um desempenho pior que o esperado das exportações e menores despesas das famílias e investimento.

Com a manutenção da projeção da ausência de crescimento real da economia portuguesa em 2013, incluída no Boletim Económico de Verão hoje divulgado, a instituição liderada por Carlos Costa fez ainda uma análise aos riscos que se colocam nas suas estimativas.

A conclusão é que os riscos aos seus cálculos são na sua grande maioria pela negativa e têm uma probabilidade superior a 50 por cento de se concretizarem.