Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Conjuntura: Abrandamento das exportações era "expectável" - Presidente da AICEP

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 5 jun (Lusa) - O presidente da AICEP, Pedro Reis, afirmou hoje que seria "expectável" um abrandamento das exportações devido a uma desaceleração das economias europeias e, nomeadamente, de Espanha.

Pedro Reis, que falava aos jornalistas à margem do Dia Galp, disse que "o documento de estratégia orçamental já prevê algum abrandamento, sendo que já era expectável uma desaceleração das exportações", acrescentando que uma forma de minimizar a retração dos principais mercados de exportação é encontrar soluções nos países emergentes e fora da União Europeia.

"O abrandamento das exportações não deve desanimar os portugueses, mas, pelo contrário, acelerar a estratégia de diversificação dos nossos mercados", observou.