Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Companhias acusadas de ocultar tarifas mais baixas de voos internacionais na Venezuela

Lusa economia

  • 333

Caracas, 23 out (Lusa) - As autoridades venezuelanas acusaram hoje as companhias aéreas que operam na Venezuela de estarem a bloquear a venda de bilhetes "baratos", disponibilizando aos cidadãos que pretendem viajar para o estrangeiro apenas as tarifas mais elevadas.

A denúncia foi feita por Eduardo Samán, presidente do Instituto para a Defesa das Pessoas no Acesso a Bens e Serviços (Indepabis), durante uma "inspeção exaustiva" no Aeroporto Internacional Simón de Maiquetía, o principal do país, situado a norte de Caracas.

"Estamos a fazer inspeções às companhias aéreas porque têm uma estrutura tarifária abusiva", disse.