Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Comércio: IVA não deve contar para a taxa paga aos bancos pelo uso do multibanco - AHRESP

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 26 set (Lusa) -- A AHRESP desafiou hoje o Governo a pedir aos operadores de meios de pagamento eletrónico que isentem o setor da hotelaria e restauração da taxa cobrada nas transações eletrónicas, no tocante ao IVA cobrado em nome do Estado.

"Lançamos um desafio ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais [Paulo Núncio]: Tenha a gentileza de pedir aos operadores de meios de pagamento eletrónico que nos isentem da taxa, no tocante aos impostos que cobramos em nome do Estado, nomeadamente os 23 por cento de IVA da restauração", afirmou em declarações à Lusa o secretário-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares (AHRESP), José Manuel Esteves, no final de uma audição na Comissão Parlamentar de Economia e Obras Públicas.

"Nesse caso, se calhar até com muito gosto, estaremos disponíveis para a promoção do pagamento com meios de pagamento eletrónico", acrescentou o mesmo responsável.