Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CNA condena reforma da PAC que faz Portugal perder mil milhões euros

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 21 nov (lusa) -- A direção da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) condenou hoje a reforma da Política Agrícola Comum (PAC) para 2014--2020, aprovada há um dia em Bruxelas, estimando que o setor agrícola nacional arrisque perder "pelo menos mil milhões de euros".

"É uma má reforma", diz a confederação, em comunicado divulgado, precisando que é prejudicial à agricultura e aos agricultores, "em especial aos portugueses".

A CNA diz que o orçamento comunitário destinado à PAC é inferior em 7% ao do período 2007--2013 e que para Portugal vai haver menos 500 milhões de euros "líquidos" nas previsíveis transferências do orçamento da União Europeia para o segundo pilar da PAC, o "Desenvolvimento Rural".