Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CMVM registou fundo imobiliário que permitirá saneamento financeiro da AEP

Lusa economia

  • 333

Porto, 08 mar (Lusa) -- A Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) já registou o fundo imobiliário que passará a deter a Exponor e absorverá a dívida da Associação Empresarial de Portugal (AEP), disse à Lusa fonte oficial do regulador de mercado.

A constituição deste veículo permitirá à estrutura associativa liderada por José António Barros aliviar os atuais problemas de tesouraria que a impediram de pagar os salários de fevereiro aos cerca de 200 colaboradores e liquidar dívidas a fornecedores.

Com a aprovação do fundo pela CMVM - aguardada desde agosto pela AEP, mas que vinha sofrendo vários atrasos por questões "burocráticas" - a associação diz passar a ter condições para contrair um empréstimo "em condições favoráveis" para liquidar as dívidas.