Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cisco anunciou corte de 4.000 postos de trabalho

Lusa economia

  • 333

Nova Iorque, 15 ago (Lusa) -- A Cisco Systems, o maior fabricante de tecnologia de redes informáticas do mundo, vai cortar 4.000 postos de trabalho, cerca de 5 % da sua força laboral, devido à incerteza do ambiente económico global.

A recuperação depois da crise "é mais contraditória e inconsistente do que outras que vi", afirmou o presidente e conselheiro delegado da empresa, John Chambres, em conferência telefónica para análise de resultados financeiros.

A Cisco anunciou ainda que vai eliminar camadas intermédias de gestão para procurar agilizar o processo de decisão.