Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre: Taxa pode levar à fuga de depósitos dos países periféricos - Moody's

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 mar (Lusa) -- A agência Moody's afirmou hoje que a decisão do Eurogrupo de impor uma taxa sobre os depósitos no Chipre pode levar à fuga de depósitos nos bancos dos países periféricos e levar a cortes nos 'ratings' da banca europeia.

"Mesmo que os riscos neste caso sejam de alguma forma limitados pelo facto dos problemas dos sistema bancário -- exposição à economia grega e mercado imobiliário nacional -- serem claramente limitados ao Chipre, a decisão de impor perdas aos depositantes sinaliza a disposição dos decisores europeus de causar disfunções mais vastas no mercado financeiro para impor outras decisões de política", diz a agência numa nota hoje publicada.

A Moody's considera que esta medida pode levar à fuga de depósitos dos países periféricos, entre os quais se inclui Portugal, e minimiza a tentativa dos decisores políticos europeus -- caso do comissário europeu para os assuntos económicos, Olli Rehn -- de garantirem que se trata de uma decisão limitada ao Chipre e que não seria aplicável a outros países, garantindo que esta pode ter implicações negativas na avaliação que fará dos bancos europeus.