Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre: Presidente cipriota afirma que impostos são opção "menos dolorosa"

Lusa economia

  • 333

Nicósia, 17 mar (Lusa) -- O presidente cipriota disse hoje que os impostos sobre os depósitos bancários no Chipre foram a opção "menos dolorosa" do acordo de resgate ao país por parte da União Europeia.

"Eu escolho a solução menos penosa, e assumo os custos políticos, no sentido de minimizar o mais possível as consequências para a economia e para os cipriotas", afirmou Nicos Anastasiades na mensagem que dirigiu hoje ao país através da televisão.

O Governo de Nicósia aceitou, na madrugada de sábado, o plano de resgate financeiro ao país e que prevê um pacote de medidas que incluem um imposto de 9,9 por cento sobre os depósitos bancários superiores aos 100 mil euros e 6,75 por cento sobre depósitos de valor inferior.