Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre aprovou leis exigidas pela 'troika' depois de as ter rejeitado

Lusa economia

  • 333

Nicósia, Chipre, 06 set (Lusa) -- O parlamento de Chipre aprovou esta noite as duas leis exigidas pela 'troika' depois de as ter rejeitado horas antes, face ao receio da ilha de ver negada a segunda tranche do resgate financeiro.

Depois da rejeição inicial das duas propostas governamentais, o ministro da Economia cipriota, Jaris Yeoryiadis, deslocou-se ao hemiciclo para negociar com os partidos da oposição e convocou, depois das 00:00, uma nova sessão extraordinária, na qual as leis não aprovadas foram novamente submetidas a votação com ligeiras alterações.

Nesta segunda votação, as duas propostas foram aprovadas por 41 deputados, apesar de três votos contra.