Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China quer aumentar procura interna e abrir mais a economia em 2013

Lusa economia

  • 333

Pequim, 16 dez (Lusa) -- A China vai fazer do aumento da procura interna uma das principais prioridades para 2013, tal como aprofundar as reformas económicas e promover a abertura da economia, dizem os responsáveis chineses após a conferência económica central anual.

"Aumentar a procura interna será uma base estratégica para o desenvolvimento da economia da China no próximo ano", noticia a agência chinesa Xinhua, citando um comunicado oficial divulgado após o fim da reunião de dois dias.

O mesmo indica que a China irá "aprofundar as reformas na sua economia" e "promover firmemente a abertura no próximo ano".