Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Caso BPP: Banco de Portugal deduz acusação contra pessoas coletivas e singulares

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 01 jun (Lusa) - O Banco de Portugal deduziu acusação contra diversas pessoas coletivas e singulares ligadas ao Banco Privado Português (BPP), fundado por João Rendeiro, que não são identificadas devido ao processo permanecer em segredo de justiça.

"No âmbito de processos de contraordenação em curso no Banco de Portugal e em que se apura a eventual responsabilidade contraordenacional pela prática de factos ocorridos no 'universo do Banco Privado Português', suscetíveis de consubstanciarem infração ao disposto no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras (...), foi deduzida acusação pelo Banco de Portugal contra diversas pessoas coletivas e singulares", lê-se num comunicado hoje emitido pelo regulador.

De acordo com a legislação em vigor, os arguidos dispõem de um prazo para apresentação de defesa.