Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Carlos Costa apela a bancos para darem importância a entradas de capitais duvidosos

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 10 abr (Lusa) - O governador do Banco de Portugal apelou hoje às instituições financeiras para que "acompanhem com maior cuidado" a origem dos capitais e para que "deem importância a entradas de capitais que, pela sua dimensão, podem indiciar algum problema".

Carlos Costa falava na conferência 'Os novos padrões internacionais do Grupo de Ação Financeira Internacional (GAFI) sobre a luta contra o branqueamento de capitais e o financiamento do terrorismo: inovações e desafios', organizada pelo Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, que decorre hoje em Lisboa.

"O que pedimos [às instituições financeiras] é que (...) acompanhem com o maior cuidado as recomendações que periodicamente fazemos, que façam passar para os balcões, para os vossos agentes o princípio de que é importante saber qual a origem dos recursos que lhes são entregues porque qualquer erro pode ser importante para a reputação institucional", afirmou o governador do Banco de Portugal.