Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Campos golfe sem capacidade para pagar IVA em atraso de 2011 - Christopher Stilwell (ATA)

Lusa economia

  • 333

Vilamoura, 13 out (Lusa) - Os campos de golfe "não têm capacidade para pagar" o IVA em falta de 2011 e sentem a sua sobrevivência ameaçada pela subida da taxa para 23 por cento, alertou hoje Christopher Stilwell, vice-presidente da Associação do Turismo do Algarve (ATA).

Apesar de um ligeiro aumento do número de voltas registado nos campos algarvios, os campos baixaram a facturação devido à decisão de incorporarem a subida de seis para 23 por cento do IVA, mas este não é o único problema do sector.

A velha questão do IVA de 2011, quando os campos taxavam a atividade a seis por cento e não aos 21 por cento que, já na altura estava em vigor, mantém-se.