Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bruxelas está a trabalhar com Eurogrupo, BCE e FMI para ajudar regresso de Irlanda e Portugal aos mercados

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 12 fev (Lusa) -- O comissário europeu dos Assuntos Económicos disse hoje que prossegue o trabalho com o Eurogrupo, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional no sentido de facilitar "um regresso bem-sucedido" aos mercados de Irlanda e Portugal.

"Continuamos a trabalhar, juntamente com os Estados-membros da zona euro, bem como naturalmente o BCE e o FMI, no sentido de facilitar um regresso bem-sucedido ao financiamento dos mercados tanto para Irlanda como Portugal, quando saírem dos programas de assistência financeira", afirmou Olli Rehn, no final de uma reunião dos ministros das Finanças da União Europeia, realizada hoje em Bruxelas.

Questionado sobre o ponto da situação dos pedidos de Dublin e Lisboa no sentido de serem prolongados os prazos para pagamento dos empréstimos concedidos ao abrigo dos programas de resgate, a presidência irlandesa da UE e o comissário responsável pelo euro indicaram que o assunto não foi discutido nem na reunião de segunda-feira do Eurogrupo, nem na de hoje ao nível dos 27, mas Rehn assegurou que a questão está a ser trabalhada.