Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Brasil: Economia crescerá a taxas mais altas a partir do segundo semestre - Banco Central

Lusa economia

  • 333

Rio de Janeiro, 23 jul (Lusa) - O presidente do Banco Central do Brasil, Alexandre Tombini, afirmou hoje que a economia brasileira voltará a crescer a um ritmo mais acelerado a partir de agora, chegando a 4 por cento no quarto trimestre do ano.

"Estamos confiantes de que nossa política monetária, bem como as demais medidas tomadas pelo Governo para estimular a economia, vão permitir a retomada do crescimento a partir da segunda metade deste ano", afirmou Tombini, em teleconferência concedida à imprensa estrangeira.

Há dez dias, o IBC-Br, índice económico divulgado pelo Banco Central que funciona como um antecipador do Produto Interno Bruto (PIB), revelou que a economia brasileira cresceu 0,4 por cento no acumulado do ano até maio, e 1,27 por cento nos últimos 12 meses.