Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bolsas: Falta de medidas imediatas do BCE empurra praças europeias para o vermelho

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 02 ago (Lusa) -- As principais praças europeias reagiram em baixa à ausência de medidas imediatas do Banco Central Europeu (BCE) para contrariar a crise da dívida soberana na zona euro, com Madrid a cair quase cinco por cento.

Pelas 14:24 de Lisboa, o índice espanhol liderava as perdas da Europa, ao cair 4,95 por cento, seguido por Milão, que recuava mais de três por cento, de acordo com a agência de informação financeira Bloomberg.

À mesma hora, a praça de Lisboa perdia 1,36 por cento para 4.585,02 pontos, com apenas dois títulos em terreno positivo. O BES registava a maior queda (superior a quatro por cento) e com os 'pesos pesados' PT, Galp, EDP e Jerónimo Martins a pressionarem o PSI20.