Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BE acusa Governo de "marosca contabilística" com concessão da ANA

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 25 jan (Lusa) - O Bloco de Esquerda (BE) considera que a inclusão da concessão da ANA nas contas públicas é "uma marosca contabilística" e que o Governo tem "mais explicações para dar, que festa para fazer".

"A ANA é uma marosca contabilística. (...) Não há política deste Governo para conter as contas públicas, o que há é um jogo de cintura que nem é malabarismo, é equilibrismo. Na seriedade que diz ter, que nós aqui exigimos, parece-nos que o Governo tem mais explicações para dar do que festa para fazer", afirmou o deputado bloquista Pedro Filipe Soares.

Na audição do secretário de Estado do Orçamento, Luís Morais Sarmento, na Comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, o deputado do BE diz que nas contas de dezembro foi possível perceber "o quão 'à rasca' estava o Governo com a execução orçamental".